CEAP – Centro Educacional Assistencial Profissionalizante

A verdade que ninguém conta sobre liderança

Liderança

Quando falamos de liderança, normalmente nos vem em mente a seguinte analogia: “A empresa está um caos total. Há um incêndio extremamente grande. Precisamos de um super-responsável para nos salvar! Chamem o líder!”. Analogamente, o exemplo é exagerado, porém a essência sobre liderança, aos olhos da maioria das pessoas, fica bem clara.

Atualmente, há profissionais que acreditam que essa função serve só para resolver problemas. Em contra partida, não é bem assim, pois há mais coisas por trás. Por exemplo, o que as pessoas querem? Todas querem um orientador de influência ímpar, direta e imediata. Isso é o que a equipe frequentemente procura em seus superiores. Todos estão a procura da serena sensação de segurança. Logo, quando não há nenhum outro líder em campo, tudo tende a desabar. Até porque, alguns tem medo de falar em público e outros não sentem conforto para gerenciar uma equipe.

Alunos usando notebooks em sala de aula.

Nesse sentido, há profissionais que julgam não estar preparados para tomarem altas decisões. Assim, como crianças perdidas em um supermercado, acham isso um dever longe de seu alcance e começam a julgar que não ter nasceram com o “dom”.

Como disse uma vez Donald McGannon, americano executivo da indústria de radiodifusão que se desenvolveu exponencialmente durante os anos de formação da indústria da televisão nos Estados Unidos: “Liderança é ação, e não posição”.

Liderança no CEAP

Aluno se mostrando líder em atividade recreativa.

Definitivamente, ninguém nasce líder. Fato. Afinal, é apenas uma habilidade que pode ser aprendida por qualquer pessoa, basta querer. É quase como aprender um idioma. Não se aprende só com dom, por trás requer muita prática.

Um bom líder é capaz de estimular, inspirar e construir sua equipe. Não é atoa que líderes influenciam uns aos outros. Afinal, todos foram um dia influenciados por algum. Assim podemos classificar que um líder é quase como um maestro de uma sinfonia. Ele conduz as pessoas como se fossem notas de uma melodia. Cujo separadas se desafinam. Somente juntas e afinadas conseguem alcançar seus objetivos. Enfim, sem um bom maestro não podemos extrair o máximo de uma música. Se tornando algo concreto, além da partitura.

Vista aérea do CEAP.

Dessa forma, buscando aprimorar o olhar protagonista de todos os seus alunos, o CEAP oferece um atendimento personalizado aos seus jovens. Sua metodologia, que já alcançou mais de 8.000 jovens em sua história, trata cada assistido como uma pessoa única dotada de inúmeras capacidades.

Como resultado, disseminando conceitos de liderança em sua grade curricular, o CEAP estimula seus alunos a formarem os próprios critérios para tomarem suas decisões de forma livre e assertiva. Por fim, exalando responsabilidade, o jovem torna-se personagem principal de sua própria história.