CEAP – Centro Educacional Assistencial Profissionalizante

Parceria de sucesso entre CEAP e CDF emprega jovens no mercado de trabalho

Em menos de uma semana após oficialmente formados nos cursos técnicos, os agora antigos alunos do CEAP, foram integrados à equipe de estagiários da Central de Funcionamento (CDF.). Empresa parceira que constantemente contrata jovens lapidados pela organização, salientando cada vez mais os laços entre ambas as instituições.

A primeira etapa do processo seletivo aconteceu no auditório do CEAP ainda na sexta-feira do dia 26 de julho. Contando com a presença direta de 26 formandos, sendo 18 deles pertencentes ao Curso Técnico em Informática e o restante com formação Técnica em Redes de Computadores, todos foram envolvidos pelos procedimentos de avaliação que contava com uma breve dinâmica e entrevista de grupo.

Dentre todos os candidatos, 14 tiveram o privilégio de avançar para a fase seguinte, na qual tiveram que confirmar tal merecimento por meio da entrevista direta com o gestor responsável pela equipe, dessa vez no próprio escritório da CDF., sentindo o ambiente e as possíveis novas responsabilidades.

Com o diploma em mãos após a formatura, ocorrida no dia 30 de julho, 10 alunos receberam a notícia da prévia aprovação no processo seletivo, ascendendo para a vaga disponibilizada na Central de Especialistas da CDF. 

Fator que notabiliza o trabalho realizado pelo CEAP, com o apoio de parceiros, que além de investir na capacitação técnica-profissional dos alunos, tem também como intuito criar condições para a formação de cidadãos íntegros, a partir de uma metodologia diferenciada que abrange o desenvolvimento humano de cada jovem. 

Algo de extrema importância no quadro atual, tomado pela entrada das novas tecnologias, tendências e a forte exigência de um mercado muito mais criativo e inovador, fazendo-se necessária as características essencialmente humanas como diferencial, uma vez que a tecnologia não é capaz de reproduzi-las.

Diferenciais esses, observados não só pela CDF., mas também por empresas como Buonny, Isa CTEEP, Sono Quality e VS Telecom, que no mesmo período também contrataram alunos recém-formados pela organização.

Requisitos que em alinhamento, colocam os alunos do CEAP em evidência em relação aos demais jovens brasileiros, cada vez mais afetados pela deterioração do mercado de trabalho, com altos números e índices de desemprego. Segundo o IBGE, 41,8% da população de 18 a 24 anos encontravam-se em situação de subutilização no primeiro trimestre deste ano.

Organização não governamental, fundado em 1985, o CEAP já beneficiou mais de 7.000 jovens. E a partir de um modelo pedagógico diferenciado, que cria condições para a formação de cidadãos íntegros que transformam o mundo através de seu trabalho, 92% dos beneficiários que passam pelos cursos técnicos da organização ingressam na universidade e 70% entram no mercado nos três primeiros meses após formado, transparecendo a educação além da educação.

English EN French FR Portuguese PT Spanish ES