CEAP – Centro Educacional Assistencial Profissionalizante

CEAP inicia programa que auxilia jovens que passam por dificuldades psicológicas

Partindo do ponto que a adolescência é uma etapa no desenvolvimento humano caracterizada por instabilidade emocional decorrente da transição de identidade da infância à vida adulta, o CEAP cria um espaço aberto entre os assistidos e especialistas que aborde esta problemática. O incremento de adoecimento mental entre jovens principalmente na etapa da adolescência está cada vez mais em evidência, principalmente no atual cenário que estamos vivenciando. Problemas como depressão, falta de comunicação, dificuldade de interação e abertura socioemocional são alguns dos pontos mais vistos entre o público-alvo do programa. Cientes da necessidade de ambientes para detecção e acolhimento desses conflitos e dificuldades emocionais próprias da idade nasce o programa Partilha.

Tanto a medicina como a psicologia trazem contribuições importantes para ajudar o indivíduo nesta etapa do desenvolvimento. A participação destes profissionais dentro do contexto do jovem tem se mostrado benéfica. Nessa perspectiva dois grandes profissionais Dr. Júlio César Menéndez Acurio, Médico Especialista em Psiquiatra pela Santa Casa de São Paulo, membro da Associação Brasileira de Psiquiatria, Professor da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo e Minibio Adrian Spremberg, Psicólogo e Mestre em Filosofia pela Durham University, Doutorando em Ciências Médicas pela Universidade Estadual de Campinas, darão o ponta pé inicial ao programa que inicialmente atenderá 24 jovens.

Segundo os profissionais, a interação entre pares na adolescência é fundamental para a construção da identidade pessoal assim como para o fortalecimento do autoconhecimento e autoestima. Assim, a criação de um espaço terapêutico próprio para jovens, com participação de profissionais especializados nas áreas competentes e dentro do contexto educativo do jovem, vinculado ao ambiente social que lhe é inerente tende a trazer benefícios expressivos no seu desenvolvimento. 

Inicialmente o programa se dividirá em dois grupos:

Grupo A: 12 jovens com idades de 15 a 16 anos. 

Grupo B: 12 jovens com idades entre 17 a 18 anos. 

Com reuniões semanais de 50 min de duração para discussão de temas pertinentes às idades dos jovens, como estudos, família, e projetos pessoais, as reuniões serão moderadas pelos coordenadores do projeto.

É com a missão de criar condições para a formação de cidadãos íntegros que transformam o mundo, que o CEAP atua há 35 anos proporcionando um ensino de qualidade técnica e humana a mias de 1.100 jovens por ano. ISSO É CEAP!

English EN French FR Portuguese PT Spanish ES